Tá difícil… falar com o Google

Adriano, de Belo Horizonte/MG, queria mandar uma mensagem para o Google, mas o site não oferece um link para isso. O Google tem diversas funcionalidades úteis para o usuário, mas não apresenta um link de contato fácil de usar comprometendo uma parte importante da experiência do usuário:

Hoje à tarde eu queria fazer um contato com o Google, simplesmente para enviar uma sugestão. Não encontrei nada relacionado a isso, até que me deparei com essa página (acima), que traz o seguinte texto:

“Agradecemos o seu interesse. Se quiser entrar em contato conosco, use um dos idiomas abaixo: No momento não é possível oferecer suporte para e-mail no seu idioma.”

 Então desisti!

Tá difícil… criar conta no Google

Domenico, de Santro André/SP, encontrou dificuldade para criar uma conta no Google, porque o site não deixa claro como fazer o processo de verificação, não oferece opções de contato variadas para o usuário escolher, e as opções oferecidas geram dúvida (“chamada de voz” ???):

Depois da parte de cadastrar o próprio nome, escolher o endereço eletrônico e a senha, vem essa página, esse beco sem saída.

E se eu não quiser dar meu número de telefone ou não tiver celular?

Depois descobri, clicando na ajuda, uma orientação de que não precisa ser celular próprio, pode ser de um amigo. Mas, enfim… da mesma forma… tá difícil!

Tá difícil… Google Groups x Google Chrome

Fogo amigo
Fogo amigo

Lúcio, de S. Paulo / SP, enviou o que seria mais um caso de um site que não funciona no navegador do usuário, não fosse por duas particularidades interessantes:

1- tanto o site como o navegador são da Google;

2- a Google instrui o usuário a baixar um navegador concorrente para resolver o problema!

Tá difícil… os links patrocinados do Google

(clique para ver maior)

José, de Cotia, reclama dos anunciantes do Google que desperdiçam o tempo do usuário apresentando links inúteis:

Tendo necessidade de viajar para Marília, procurei por esse vôo nos sites das empresas aéreas e não encontrei. Apelei para o Google, digitando “voo para marilia”. Os resultados da busca não resolveram, então resolvi clicar nos “links patrocinados”: Submarino Viagens, Ocean Air, Americanas Viagens, TAM (ou Decolar?) e Viagens Shoptime (sem querer desmerecer a cidade de Marília, não cliquei no link da American Airlines, nem no link da agência de Portugal).

Em cada link os mesmos problemas: não caem na página referente ao assunto (vôos para Marília ou algo parecido), obrigam o usuário a procurar dentro do site e, para completar, informam que “não há vôos para essa localidade” ou algo assim.

As empresas são livres para desperdiçar sua verba publicitária como quiserem, mas mentir para o usuário e desperdiçar o tempo dele dessa maneira é um desrespeito às pessoas que eles pretendem ter como clientes.

E fica a dúvida: será que o Google está priorizando os anúncios em detrimento à informação??? 

Tá difícil… blogs em português no Google

Blogs no Google 

Rodolfo, de São Paulo/SP, mostra que mesmo o Google tem o que melhorar:

Sempre uso o Google para fazer minhas buscas. Hoje fiquei curioso e cliquei no “mais>>” em cima da caixa de busca para ver o que tinha. Achei legal o “Pesquisa de blogs” e resolvi experimentar. 

Digitei “turismo”, escolhi “blogs em português”, cliquei no “pesquisar blogs” e… nada! Não achou nenhum! Aí tentei com saúde, religião, música… nada!

Resolvi tentar escolher “todos os blogs” e aí vieram 8.181.085 blogs de turismo, em tudo que é língua, espanhol, italiano e até… em português. Do Brasil e de Portugal. Ou seja, a busca de blogs do Google “em português” simplesmente não funciona. Sem falar que não tem a opção de procurar blogs só do Brasil, como o buscador normal.