Tá difícil… falar com a Eletropaulo

A Eletropaulo está entre as 10 mais do Twitter hoje – e não é por uma coisa boa (http://glo.bo/jEZXEk). Vários consumidores de São Paulo reclamam que não estão conseguindo falar com a Eletropaulo para notificar a falta de luz ou para saber quando a luz vai voltar. Tem bairros sem luz há 24 horas. A empresa anuncia que os consumidores podem usar o SMS, mas veja qual a resposta:

“Eletropaulo informa: serviço temporariamente indisponível. Caso tenha urgência na sua solicitacao favor entrar em contato no telefone 0800-72-72-120.”

E o telefone não atende desde ontem, quando fortes ventos e chuvas atingiram São Paulo deixando muita gente sem luz. Tá impossível falar com a Eletropaulo!

 

Anúncios

Tá difícil… ano novo, chamadas velhas

Meire, de São Paulo/SP, reclama do canal de TV por assinatura Discovery Travel and Living, que exibe sempre as mesmas chamadas de programação, irritando e frustrando o assinante:

Não é que eu marquei no calendário, mas sem brincadeira: tem mais de um ano que o Discovery Travel and Living passa as mesmas chamadas dos programas! Além de eu achar isso uma falta de respeito com quem paga pela assinatura do canal, é altamente irritante você ficar vendo sempre as mesmas chamadas. Sem falar que você fica com raiva do programa, de tanto ver o mesmo texto, as mesmas falas… nem dá vontade de assistir.

Outra coisa: se você quiser ver um trechinho de episódios novos durante as chamadas, esquece. É sempre a mesma coisa! Parece que só passa aquele episódio!

Eu acho um absurdo eles fazerem isso, porque às vezes quando você vê uma chamada da hora, você fica com vontade de assistir o programa. Do jeito que eles fazem, repetindo sempre a mesma coisa, o efeito é contrário. Eu não aguento mais: quando chega a propaganda, eu mudo de canal… e muitas vezes eu nem volto mais para o que eu estava assistindo.

Tá difícil… se descadastrar da Dell

web site da Dell

Amanda, de São Paulo/SP, fala da inconveniência causada pela Dell e da frustração por não ser atendida como ela esperava:

Cansada de receber tantos e-mails da Dell (quase diariamente) resolvi pedir a exclusão do meu e-mail. Para a minha surpresa, depois de ter clicado no botão amarelo (“Não desejo mais receber…”),  chegou o seguinte email:

“OBRIGADO POR SE CADASTRAR NA DELL! Amanda, A partir de agora, você receberá ofertas exclusivas da Dell e os últimos lançamentos de produtos e serviços através do email xxxxxxxx@xx.com. Se um dia você desejar realizar mudanças nos seus dados ou cancelar seu cadastro, acesse aqui. Você também poderá atualizar as suas preferências a qualquer momento. Aguarde que o primeiro e mail será enviado em breve.”

Piada né!? É um exemplo de como não fazer e-mail marketing.

Tá difícil… eu não falo alemão, e daí?

ticket

Alguns integrantes da equipe do Tá Difícil estiveram na Alemanha participando de um congresso sobre usabilidade em celulares e acabaram perdendo o trem por causa de um problema de usabilidade no bilhete:

Chegamos na estação e fomos comprar o bilhete numa máquina. Beleza, tem opção de inglês. Foi fácil e rápido escolher o destino, o horário, ver o preço, pagar e pegar o bilhete. Maravilha!

Bilhete na mão, é só ver de qual plataforma sai o trem. Olhamos o bilhete e ele estava todo em alemão. Bem, a plataforma deve estar aqui e deve aparecer em destaque, pensamos.

Logo acima do preço estava escrito “Preisstufe 4” e nós deduzimos que deveria ser Plataforma 4. Fomos para lá e nada do trem. Perdemos. Ele passou na plataforma 1.

Uma funcionária nos explicou que aquele número era um número referente ao tipo de tarifa e não era o da plataforma.

Taí um exemplo típico de falta de usabilidade. Seja em que língua for, a informação em destaque deve ser aquela que é importante e relevante para o usuário – e não para a empresa ou para o sistema!

Tá difícil… ler no Closed Caption

closed caption

Fabricia, de São Paulo/SP, enviou uma foto que mostra como um sistema criado para ajudar as pessoas a assistir TV, em especial aquelas com deficiência auditiva, pode decepcionar os usuários e conta por que:

Para quem depende de ler as legendas no sistema Closed Caption (que legenda tudo o que é falado), assistir um programa de TV pode ser desafiador.

Nos programas da Rede  Globo, muitas das falas aparecem com letras trocadas, faltando ou sobrando. E a situação piora quando se trata de programas apresentados  ao vivo onde, além da dificuldade pelas falas cheias de erros, também existe um atraso da legenda com relação ao que está sendo apresentado.

Frustrante!

Tá difícil… propaganda do ipod en español

ipod na lingua errada
ipod na língua errada

José, de São Paulo/SP, recebeu uma mensagem da Apple que mostra como é importante saber falar a língua do usuário:

Recebi um “e-mail marketing” da Apple tentando me vender um ipod touch. Até aí tudo bem, se eu tivesse dinheiro sobrando eu até já tinha comprado um…

O problema é que logo abaixo do título veio: “Sacude estas fiestas con los últimos modelos de ipod y todos sus accesorios.” , em perfeito espanhol. Impossível não pensar que houve, no mínimo, descaso da Apple em verificar o que foi escrito na mensagem que iria ser enviada para os consumidores brasileiros.

Quem pretende conquistar um cliente precisa pelo menos falar a mesma língua que ele, literalmente…