Tá difícil… usar o internet banking do Bradesco

Home do Bradesco
Eduardo, de São Paulo/SP, teve dificuldades hoje para usar a área fechada do site do Bradesco:

Entro na minha conta e cadê a minha conta? Uma versão “moderna” (falsa) de popup com propaganda tomou conta do site.

Onde fecha isso? Ei, eu preciso pagar uma conta!!!

Não tem como fechar, um absurdo!

Total desrespeito com o cliente.

Bradesco, alô: Será que não tem um jeito mais inteligente de vender o que vocês estão querendo vender?

Tá difícil… não tem no site Itaucard

itaucard

Paulo, de Bauru/SP, gostaria que o site do cartão Itaucard oferecesse uma informação importante para ele, mas não a encontrou:

Comprei um cartão de crédito por telefone e está demorando para chegar. Entrei no site e não há informação de quando vai chegar.

Não tem nenhuma seção de acompanhamento no site www.itaucard.com.br

Tá difícil… a Central de Atendimento Itaucard

itaucard atendimento

Marcos, de Brasília/DF, é mais uma vítima da falta de integração entre os vários sistemas de atendimento de uma empresa:

Tenho uma cartão TAM Itaucard e estou tentanto falar na Central de Atendimento, mas sem sucesso.

Na fatura do cartão aparece um número de atendimento ao cliente (0800 728 4416) mas ao tentar ligar neste número sempre ouço uma mensagem dizendo que a chamada não pode ser completada.

Ao consultar o site http://www.itaucard.com.br, na seção “Central de Atendimento” é indicado o telefone 4001 4428 como sendo o da central de atendimento para Brasília. Ao ligar neste número e digitar o número do cartão, como solicitado, ouço uma nova mensagem dizendo que devo ligar no telefone 0800 728 4416, aquele número que responde que a chamada não pode ser completada…

Desta forma, até hoje não consegui falar na Central de Atendimento do Itaucard.

Tá difícil… meleca no cartão de segurança Itaú

José, de Carapicuiba/SP, reclama que o cartão de segurança do Itaú só pode ser usado depois de uma limpeza:

Recebi um cartão de segurança da minha conta no Itaú, pelo correio. Ao retirar a etiqueta que vem colada nele, uma boa parte do adesivo ficou no cartão. Para guardar o cartão na carteira, só depois de tirar a meleca grudenta com removedor… 

E isso acontece toda vez que vem um cartão novo, já faz algum tempo. Será que o pessoal do Itaú acha normal obrigar o cliente a ficar cheirando a removedor para poder usar a conta? 

Tá difícil… encerrar a sessão ou a conta?

itautrade4.gif

Rafael, de Curitiba/PR,  mostra no site da Itaú Corretora como é importante considerar o negócio, o público-alvo e a experiência do usuário do site na hora de escrever uma instrução: 

Olha a imagem aí em cima. Me diga agora como uma pessoa que pela primeira vez entra nessa tela, e é meio inexperiente com computadores, vai pensar:

“- NÃO! Eu só quero sair! Não quero encerrar minha conta!”

Tá difícil… depósito no caixa eletrônico Bradesco

  bradesco    largada  

Marcos, de Brasília/DF, reclama que a operação de depósito no caixa do Bradesco é uma verdadeira corrida contra o tempo :

É um problema que já aconteceu comigo mais de uma vez e envolve os caixas eletrônicos do Bradesco.

Sempre que preciso depositar dinheiro ou cheque no Bradesco vou a um caixa eletrônico para tentar fazer o depósito mais rápido e sem fila. O problema é que eu sempre tenho que depositar em uma conta que eu não conheço, que tem números de agência e conta com os quais não estou acostumado, que não são usuais para mim. Por isto levo este números anotados em papel.

Acontece que o tempo para digitação dos números de Agência e Conta no caixa eletrônico do Bradesco é muito curto. Enquanto ainda estou olhando os números no papel para não digitar errado a máquina informa que o tempo acabou, volta a tela inicial e me obriga a fazer tudo de novo. As vezes isto acontece 2 ou 3 vezes antes que eu finalmente consiga fazer o depósito. Algumas vezes já desisti do caixa eletrônico e fiz o depósito no caixa mesmo, enfrentando fila.

O mais interessante é que você não precisa de cartão para fazer depósito, o que significa que nenhum dado importante e confidencial foi lido da conta de ninguém. Então qual problema de segurança pode ter levado o Bradesco a colocar restrição de tempo na operação de depósito? Qual o problema da tela ficar lá parada aguardando que eu digite calmamente os números? Será que algum ladrão pode aparecer, pegar os dados e fazer um depósito na conta da pessoa?!?!

Imaginem o quanto devem sofrer as pessoas idosas ou com algum problema motor para conseguir depositar no Bradesco via caixa eletrônico? Se você não for “rápido no gatilho” é impossível concluir a operação.

Tá difícil… resgate no caixa eletrônico Bradesco

                          caixa Bradesco

Jorge, de São Caetano do Sul/SP, conta como foi difícil realizar a operação no caixa eletrônico do Bradesco: 

No outro fim de semana tive a desagradável experiência de ser obrigado a utilizar o péssimo serviço do BRADESCO em caixas eletrônicos ao tentar resgatar um valor de minha aplicação. Normalmente faço direto no site e é fácil de usar (só que o Speedy anda me pregando peças, mas isso fica pro proximo capítulo), mas quando tive de fazer essa operação via caixa eletrônico fiquei pê da vida.

Foi um terror, usabilidade nota ZERO. Tive de percorrer vários menus, nenhum com a opção que eu queria usar, e tira cartão e põe cartão, e digita senha da conta, e digita chave de seguraça…resumindo: acabei indo pra casa sem resgatar dinheiro algum, me sentindo um idiota por não conseguir usar o auto-atendimento. Obrigado, Bradesco por tornar minha vida mais difícil!

Tá difícil… falar com o Citibank

Onde está o fale conosco? 

Luana, de São Paulo/SP, é cliente do Citibank mas não consegue ser atendida pelo banco:

Liguei para o telefone que se encontra no verso do meu cartão de crédito para solicitar uma informação mas a atendente se recusou a me atender, pois segundo ela, poderia conversar apenas com o titular do cartão (meu marido). O interessante é que o nome que está impresso no cartão é o meu e a conta que temos no banco em questão é conjunta.

Liguei novamente, desta vez decidida a cancelar o cartão e uma nova atendente, grosseiramente, disse que eu deveria pedir ao meu marido que ligasse, pois ela não poderia me atender. Pois é, vc é responsável o bastante para “ganhar” um cartão de crédito do banco e efetuar vááárias despesas nele, mas não é responsável o suficiente para merecer a atenção de uma atendente de call center. Veja se em pleno século XXI uma mulher precisa pedir ao marido que faça uma ligação para pedir uma informação para ela.

Mas o pior foi ter dito que queria fazer uma reclamação e ter escutado da atendente que nem isso eu poderia fazer, que para tal teria que acessar o site e enviar uma mensagem para o fale conosco. Como estava conectada, entrei no site e não consegui achar o “Fale conosco”. Perguntei então a ela em que parte do site o encontraria e ela me disse que “não sabia”, pois não conhecia o site. Bom, acabei encontrando e mandei o email…recebi um email automático dizendo que em breve entrariam em contato comigo… Tô aqui, esperando (sentada, pra não cansar) até agora.

Tá difícil… usar o caixa eletrônico da CEF

caixa

Pedro, de Belo Horizonte/MG, conta as dificuldades para usar o caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal:

Ao acessar o auto-atendimento o sistema solicita a inserção do cartão. No entanto não informa como o cartão deve ser inserido (para qual lado a tarja magnética deve estar). Se houvesse uma ilustração do cartão já ajudaria na sua utilização.

Outro problema encontrado é que ao inserir o cartão pede-se a senha, e só depois que eu prossigo selecionando uma operação (extrato, saque, etc) é que o sistema valida a minha senha. Ou seja, ao inserir o cartão e digitar a senha, eu só descubro que eu digitei a senha errada após executar alguma operação.

Participe você também. Mande para nós o que está difícil de usar (diga em que cidade e estado você mora).

Tá difícil… pagamento no caixa eletrônico Santander Banespa

Santander Banespabarras

Silvio, de Santo André/SP, reclama que o o caixa eletrônico do Santander Banespa não tem opção para digitar o código de barras para fazer o pagamento quando o leitor de código de barras da máquina está quebrado: 

Por alguma razão, o boleto do condomínio não pôde ser pago antes e naquela noite, o escaner do autoatendimento está quebrado. Surpreso, não encontro opção de DIGITAÇÃO MANUAL DO CÓDIGO e o desespero toma conta.

De Mauá (SP), vou para o Carrefour em Santo André (SP), onde há dois terminais ATM do Santander Banespa. Felizmente, pelo menos UM está “lendo” a codificação e finalmente, depois de tempo e gasolina gastos, faço o pagamento da despesa.

Tudo porque os ATMs do Santander Banespa não disponibilizam digitação manual de códigos. É mole???

Participe você também. Mande para nós o que está difícil de usar (diga em que cidade e estado você mora).