Tá difícil… ONDE tomar a vacina?


Rafael, de São Paulo/SP, foi ao site oficial da campanha de vacinação contra a gripe suína esperando descobrir onde tomar a vacina, mas não encontrou essa informação:

Estou na faixa etária da atual campanha de vacinação contra a Gripe H1N1. Hoje acessei o site oficial do Governo, um hotsite feito especialmente para a campanha.

Eu precisava verificar uma das informações mais básicas que se pode pedir nestas situações: saber OS LOCAIS aonde posso me vacinar. Pois bem, procurei em todas as seções. Fui na parte “Dúvidas Frequentes” e
descobri até as diferenças entre vacinas de 3 laboratórios distintos, mas a dúvida que deve ser de fato mais frequente e mais essencial (aonde se tomam as vacinas?) não foi respondida no site.

Ainda assim, não desisti e usei o campo “busca”, onde digitei “postos de vacinação”: tudo o que encontrei foram artigos institucionais orientando a população a “se dirigir a um dos postos de vacinação” para tomar a vacina.

Ainda não sei aonde posso me vacinar. Atchim! Oinc oinc!

Tá difícil… erro no site da Receita Federal

Marcio, de Curitiba/PR, queria baixar o programa da Receita Federal para enviar a declaração de imposto de renda e não conseguiu:

Olá pessoal, vejam aí o que detectei no domingo, dia 11 de abril.

Fui baixar no Mac o programa Receitanet no site da Receita e deu erro.

Gosto muito da maneira que vocês expõem os erros pelos websites afora, agora erro em site do governo é brabo né?

Tá difícil… alterar endereço na Medial Saúde

Tela de alterar dados do site Medial

Camila, de São Paulo/SP, reclama de não pode fazer uma atividade online, e principalmente de o site da Medial Saúde não dar toda a informação necessária para fazer a atividade no mundo real. Por causa disso ela perdeu tempo, dinheiro e ainda ficou frustrada com a empresa:

Tenho um plano de saúde da Medial e precisei alterar o meu endereço nos dados cadastrais. Não é possível fazer pelo próprio site da empresa na área reservada ao cliente. Também não é possível por e-mail nem telefone. Ao solicitar a alteração no site, uma mensagem informa que só é possível tal alteração mediante o envio de fax contendo:
  • carta com a solicitação
  • comprovante do novo endereço, datado de no máximo 3 meses 
  • copia do cpf e rg

Tive que ir na papelaria (não é todo mundo que tem aparelho de fax em casa e acho que nem se usa mais este software no computador…). Entreguei tudo para a atendente. Daqui a pouco ela volta atônita pq uma mensagem gravada pede para digitar:

  • o tipo de plano
  • o numero da carteirinha
  • o numero do celular do cliente para confirmação por e-mail…

Claro que eu desisti. Tive que buscar todos os dados e fui a outra papelaria com a “cola”na mão. Desta vez a atendente não se assustou porque enviava pelo menos um fax desse por dia. Ela por fim me disse que não há cliente que não surte com esse processo insano, a maioria liga para a Medial que se recusa a oferecer outra  forma para resolver tal solicitação.

Ninguém merece!

Tá difícil… comprar na Imaginarium

Elisa, de São Paulo/SP, conta porque não comprou na loja online da Imaginarium:

Eu gosto dessa loja, mas só da loja de verdade, porque a loja na internet é horrível (http://www.lojaimaginarium.com.br).

As 2 únicas opções que aparecem para ordenar os produtos são Lançamentos e Promoções! Eles não deixam você ordenar os produtos por preço, pode?

E se você quiser ver qualquer produto em detalhes, pode esquecer. A imagem que abre é exatamente igual à que já está na tela. Só faz você perder tempo. Como é que eu vou comprar sem ver direito? Sem chance… uma pena uma loja tão boa fazer isso.

Tá difícil… ano novo, chamadas velhas

Meire, de São Paulo/SP, reclama do canal de TV por assinatura Discovery Travel and Living, que exibe sempre as mesmas chamadas de programação, irritando e frustrando o assinante:

Não é que eu marquei no calendário, mas sem brincadeira: tem mais de um ano que o Discovery Travel and Living passa as mesmas chamadas dos programas! Além de eu achar isso uma falta de respeito com quem paga pela assinatura do canal, é altamente irritante você ficar vendo sempre as mesmas chamadas. Sem falar que você fica com raiva do programa, de tanto ver o mesmo texto, as mesmas falas… nem dá vontade de assistir.

Outra coisa: se você quiser ver um trechinho de episódios novos durante as chamadas, esquece. É sempre a mesma coisa! Parece que só passa aquele episódio!

Eu acho um absurdo eles fazerem isso, porque às vezes quando você vê uma chamada da hora, você fica com vontade de assistir o programa. Do jeito que eles fazem, repetindo sempre a mesma coisa, o efeito é contrário. Eu não aguento mais: quando chega a propaganda, eu mudo de canal… e muitas vezes eu nem volto mais para o que eu estava assistindo.

Tá difícil… se descadastrar da Dell

web site da Dell

Amanda, de São Paulo/SP, fala da inconveniência causada pela Dell e da frustração por não ser atendida como ela esperava:

Cansada de receber tantos e-mails da Dell (quase diariamente) resolvi pedir a exclusão do meu e-mail. Para a minha surpresa, depois de ter clicado no botão amarelo (“Não desejo mais receber…”),  chegou o seguinte email:

“OBRIGADO POR SE CADASTRAR NA DELL! Amanda, A partir de agora, você receberá ofertas exclusivas da Dell e os últimos lançamentos de produtos e serviços através do email xxxxxxxx@xx.com. Se um dia você desejar realizar mudanças nos seus dados ou cancelar seu cadastro, acesse aqui. Você também poderá atualizar as suas preferências a qualquer momento. Aguarde que o primeiro e mail será enviado em breve.”

Piada né!? É um exemplo de como não fazer e-mail marketing.

Tá difícil… eu não falo alemão, e daí?

ticket

Alguns integrantes da equipe do Tá Difícil estiveram na Alemanha participando de um congresso sobre usabilidade em celulares e acabaram perdendo o trem por causa de um problema de usabilidade no bilhete:

Chegamos na estação e fomos comprar o bilhete numa máquina. Beleza, tem opção de inglês. Foi fácil e rápido escolher o destino, o horário, ver o preço, pagar e pegar o bilhete. Maravilha!

Bilhete na mão, é só ver de qual plataforma sai o trem. Olhamos o bilhete e ele estava todo em alemão. Bem, a plataforma deve estar aqui e deve aparecer em destaque, pensamos.

Logo acima do preço estava escrito “Preisstufe 4” e nós deduzimos que deveria ser Plataforma 4. Fomos para lá e nada do trem. Perdemos. Ele passou na plataforma 1.

Uma funcionária nos explicou que aquele número era um número referente ao tipo de tarifa e não era o da plataforma.

Taí um exemplo típico de falta de usabilidade. Seja em que língua for, a informação em destaque deve ser aquela que é importante e relevante para o usuário – e não para a empresa ou para o sistema!